Menu

Dentistas poderão prescrever tratamentos florais

Essências florais recebem aprovação do CFO para uso durante os tratamentos dentários.

A partir de 2009, dentistas podem usar os florais para suavizar traumas e ajudar no decorrer tratamento.

As essências florais são usadas com as mais diversas finalidades: cura da ansiedade, de traumas, a recuperação do equilíbrio emocional, dentre tantas outras aplicações. A novidade é que a partir de 2009, os florais também poderão ser usados por dentistas durante o tratamento de seus pacientes.

post-tratamentos-floraisO Conselho Federal de Odontologia aprovou o uso dos florais, assim como da acupuntura, homeopatia, hipnose e fitoterapia, por esses profissionais, desde que façam cursos para administrarem essas terapias. post-tratamentos-florais Para a psicóloga Luciane Gerodetti, os florais podem ser usados para amenizar quadros de pânico, fobia e ansiedade ligados aos tratamentos dentários. “O paciente poderá começar a usar os florais alguns dias antes ou ir tomando algumas gotas durante o tratamento na cadeira, por exemplo”, diz Luciane.

No caso de cirurgias ou tratamentos mais extensos, o paciente pode levar o floral para casa e continuar tomando, para que a recuperação seja mais rápida. Luciane ressalta que esse aval do Conselho Federal de Odontologia para o uso da terapia floral pelos dentistas significa o reconhecimento do tratamento. “Fico muito feliz com esse progresso, pois tira os florais do misticismo e dão a eles a legitimidade que merecem”.

Florais ajudam a fortalecer o ambiente – Os dentistas também podem usar o floral em forma de spray pelo ambiente. “Isso ajuda a dissolver memórias estressantes ligadas a experiências ruins, contribui para o fortalecimento do ambiente e traz tranqüilidade para quem está ali”, afirma a psicóloga e especialista em florais.

O uso da terapia floral, entretanto, exige que o profissional esteja preparado para administrá-la. Luciane explica: “Em primeiro lugar, ele deve aceitar o fato de que, embora ele seja um bom profissional, algumas pessoas se sentem desconfortáveis e aflitas diante de alguns tratamentos, e que aliviar isso só trará benefícios para os dois lados”. Luciane recomenda que os dentistas realizem cursos, participem de workshops e leiam muito sobre o assunto para entender melhor a filosofia e a forma de ação dos florais, além de experimentarem as gotinhas, pois desta maneira o profissional sentirá seus reais efeitos e terá mais segurança para indicar o tratamento. Outra opção é o dentista estabelecer parcerias com terapeutas florais, que já possuem conhecimento sobre o tema.

Fonte: Revista Fator

Compartilhe

Deixe seu comentário