Maca Peruana 850mg 60Cápsulas

R$47,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Escolha retirar na loja 😉

Compartilhar

A maca é um vegetal crucífero nativo da região andina do Peru. O consumo desse tubérculo deve-se ao seu valor nutritivo e conteúdo fitoquímico. É obtida das raízes de Lepidium meyenii e contém esteroides, alcaloides, flavonoides, glicosídeos, saponinas, taninos e antocianinas, além de vitaminas e minerais.

A maca é utilizada tradicionalmente como afrodisíaco e como suplemento nutricional energético.
Recentemente os atletas estão encontrando na Maca uma alternativa excelente para substituir os anabolizantes. Apresenta numerosas indicações como energético e restaurador físico e psicológico, melhora a memória e a concentração, fortalece o sistema imunológico, reduz os sintomas da TPM e aumenta a espermatogênese.

Beneficios:
Aumenta os níveis de energia;
Promove sensação de bem-estar;
Alivia sintomas de TPM e menopausa;
Aumenta a fertilidade;
Estimula a produção de hormônios pelo organismo;
Controla a osteoporose;
Aumenta a resistência física;
Melhora a memória e a concentração;
Fortalece o sistema imunológico;
Regula o ciclo menstrual;
Aumenta a espermatogênese.

 

INDICAÇÕES BASEADAS EM ESTUDOS CIENTÍFICOS:

ENERGIA
Além de oferecer diversos benefícios para a saúde, a maca peruana também é vantajosa para quem pratica atividades físicas e deseja potencializar os resultados dos treinos. Realizando a suplementação do fitoterápico, você garante muito mais energia e disposição, o que pode aumentar a resistência física e retardar a fadiga. Mais do que isso, as fibras presentes na composição da maca peruana colaboram para o aumento da saciedade, fator com atuação indireta no controle de peso. A maca peruana também é uma alternativa aos esteróides anabolizantes, pois é rica em esteróis.

DIABETES
A maca peruana diminui a absorção de glicose no organismo devido a grande quantidade de fibras em sua composição. Além disso, o seu consumo regular inibe a ação de uma enzima que age no processo de digestão e reduz a inflamação associada a doenças crônicas, como diabetes tipo 2. Sendo assim, evita que a insulina seja liberada no organismo em grandes quantidades e aumenta o controle do diabetes.

EMAGRECIMENTO
Quem deseja perder peso pode encontrar na maca peruana uma aliada. O alimento fornece fibras e carboidratos complexos, o que contribui para que a pessoa se sinta mais saciada. Com essa redução de apetite, ocorre uma diminuição no consumo dos alimentos durante as refeições. E as fibras ajudam o intestino a funcionar melhor, o que evita inchaços abdominais e desconfortos.

FERTILIDADE MASCULINA
O estudo realizado pela Universidad Peruana Cayetano Heredia (Peru) também comprovou que a maca peruana influencia na fertilidade masculina. Foram avaliados homens com idades entre 24 e 44 anos por quatro meses e que receberam doses do alimento. Os pesquisadores chegaram à conclusão de que ocorreu um aumento da quantidade de sêmen e na mobilidade dos espermatozoides, o que tornavam os homens mais férteis. E estudiosos da Czech University of Life Sciences Prague (República Tcheca) também comprovaram esse benefício do tubérculo. Nessa pesquisa, participaram 20 voluntários com idades entre 20 e 40 anos que receberam a maca peruana moída e aumentaram a sua fertilidade.

MENOPAUSA
Mulheres que estão entrando na menopausa, período em que a menstruação cessará permanentemente e com muitas alterações hormonais, podem sofrer com sintomas desagradáveis. Isso ocorre porque há um declínio natural do estrogênio nessa fase. Por isso, é comum sentir ondas de calor, secura vaginal, alterações de humor, problemas de sono e irritabilidade. "A maca peruana pode aliviar esses sintomas, pois equilibra os níveis hormonais e também interfere no metabolismo ósseo, inibindo a desmineralização --perda de elementos minerais importantes como flúor e cálcio --, diminuindo a fadiga e deixando o corpo mais hidratado", destaca Luisa Wolpe, nutricionista e coordenadora do Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas.

CÂNCER
A maca peruana ajuda a combater os radicais livres, que podem danificar as células do corpo e causar câncer. Isso ocorre porque o tubérculo tem propriedades antioxidantes, como antocianinas, que conferem à raiz uma coloração escura. Essas substâncias podem afastar a inflamação do corpo e ajudar na proteção contra o câncer, problemas cardíacos e outras doenças crônicas.

HUMOR
O consumo da maca reduz a ansiedade e sintomas de depressão, particularmente em mulheres na menopausa. Tal situação acontece porque o alimento contém compostos vegetais chamados flavonoides, que causam maior disposição e ânimo. Um estudo do Center for Chronic Disease Prevention and Management (Austrália) avaliou 29 mulheres no período de pós-menopausa e comprovou que a maca peruana melhorou os hormônios e aumentou a disposição dessas pessoas.

CORAÇÃO
O tubérculo pode ser considerado um amigo do coração. Seu consumo regular controla o colesterol ruim (LDL) e aumenta as taxas do bom colesterol, além de diminuir a hipertensão e ter efeito vasodilatador, devido à presença do ômega 3 em sua composição. Alguns estudos demonstram uma melhora no perfil lipídico e uma redução da pressão arterial em pessoas que consomem a maca peruana. Ela inibe a enzima conversora de angiotensina (ECA), além de ser um fitoterápico rico em potássio, nutriente importante para reduzir riscos de hipertensão.

IMUNIDADE
A maca peruana fortalece e dá energia. Além disso, combate à fadiga e melhora a resistência. Isso ocorre porque o alimento aumenta os níveis de antioxidantes importantes no organismo, como a glutationa e o superóxido dismutase. Além disso, a maca peruana é rica em vitaminas do complexo B, vitamina C, zinco, magnésio que proporcionam um equilíbrio imunológico no corpo.

 

Benefícios ainda em estudos:

Melhora a função cerebral: nativos do Peru já usavam a maca peruana para melhorar o desempenho escolar das crianças. E estudos realizados com cobaias, comprovaram que o consumo do alimento melhora a memória e a capacidade de aprendizagem dos animais.

Diminui o tamanho da próstata: uma das principais doenças dessa região é a hiperplasia benigna, ou seja, quando a próstata aumenta de tamanho e causa sintomas como vontade de urinar com frequência e até estreitamento da uretra. Um estudo realizado com roedores mostrou que a maca peruana reduz o tamanho da próstata, por possuir uma grande quantidade de glucosinolatos, que possui ação anticancerígena.

Protege contra raios solares: os raios ultravioleta (UV) do sol danificam a pele exposta e desprotegida. Com o tempo, a radiação UV pode causar câncer de pele. Aplicar o extrato da maca peruana pode protegê-la desse risco, afirma um estudo realizado pela Universidad Peruana Cayetano Heredia (Peru). A mistura usando o alimento foi aplicada em cinco ratos durante três semanas e impediu que ocorressem danos à pele causados pelos raios ultravioletas.

 

Composição: Maca Peruana

Modo de Usar: Tomar 1 caps 2x ao dia.

Avisos: Para crianças menores do que 06 anos, consultar um médico antes do uso. Produto contraindicado para quem tem alergia.

Advertências:
1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto recomenda- se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz do calor e da umidade. Nestas condições o medicamento se manterá próprio para o consumo respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas, lactantes, crianças e portadores de qualquer enfermidade sem orientação médica.
9. Embora não existam contra- indicações relativas a faixas etárias recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
10. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas procure orientação médica. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”.